#SWYouthRecife: tão novinhos e já empreendendo?

Sabe a sensação de encontrar algo que te deixe muito feliz? Algo que te complete e que te faça querer acordar todos os dias com um sorriso no rosto? Sinto-me assim ao falar sobre o rebuliço que o Startup Weekend causou na minha vida. Encontrei, depois de anos de insatisfação comigo mesma, aquilo que me motiva: incentivar e ver os jovens por aí empreendendo, pensando fora da caixa, saindo da zona de conforto e revolucionando o mundo com ideias, até então, inimagináveis. É clichê, mas, se dizem que o futuro está em nossas mãos, o que eu puder fazer para que mais pessoas sejam impactadas pela experiência que o evento nos proporciona, eu farei e sem medir esforços. 

1908128_682872105173220_3562275103147258066_n
Onde tudo começou: edição 2015 do SW Education Recife!

Só quem já viveu a loucura das intensas e inesquecíveis 54 horas de um Startup Weekend entende, de fato, do que estou falando. A sensação é única, o feedback é maravilhoso, as amizades que saem dali, ainda mais! Sou fã de carteirinha do SW e do poder que ele tem de transformar as pessoas e, se eu pudesse te dar uma única dica no mundo, minha dica seria esta: participe de um Startup Weekend e veja o poder que o evento tem de mudar suas perspectivas de mundo ao conhecer pessoas incríveis (que, provavelmente, se tornarão grandes amigos), e ao aprender que você é capaz, sim, de fazer tanta coisa em tão pouco tempo!

#SWYouthRecife

Neste último final de semana (13 a 15 de maio), aconteceu o Startup Weekend Youth Recife  (#SWYouthRecife), uma vertical do evento global de empreendedorismo para jovens de 14 a 18 anos de idade. Se você pensa que eles são muito novinhos para desenvolverem um modelo de negócio e montarem uma startup, em apenas 54 horas, está muuuuuuito enganado! Na verdade, há edições do evento para pessoas ainda mais jovens, acredita? swyouth

O SW Youth Recife aconteceu na ABA e atingiu quase 50 pessoas. 50 “criaturinhas” com o espírito de empreender e de mudar o mundo. Foi lindo! Foi INSPIRADOR! Lembro que, quando participei do SW Education no ano passado, eu era uma das mais novas e todo mundo dizia: “tão novinha e já empreendendo?”. Imaginem, então, meninos e meninas de apenas 14 anos e com o sangue empreendedor na veia? É surpreendente! Não nego: pensei que, dali, sairiam ideias “bobinhas”, mas, não, eles realmente superaram todas as expectativas! Entenderam super bem a ideia de um modelo de negócio, colocaram-na em prática, apresentaram seus pitches com segurança e convicção e deram um “banho” em muitos empresários que existem por aí!

20160514_122209

Na sexta-feira, o evento começou com um Coffee Break delicioso! Os participantes, staff, organização e mentores foram, aos poucos, se conhecendo e falando das expectativas para o evento. O “antes” dá um frio na barriga imenso, sabe por quê? Porque muitos chegam ao SW sem conhecer uma viva alma ali, não entendem de empreendedorismo e não sabem, ao certo, o que acontecerá naquelas 54 horas de Startup Weekend!

Hiro, facilitador do evento, dando as boas-vindas à galera!
Hiro, facilitador do evento, dando as boas-vindas à galera!

Este foi o caso de Clara Lucena, uma adolescente de 17 anos, que decidiu participar do #SWYouthRecife, porque tem o sonho de fazer faculdade no exterior e, lá, eles incentivam iniciativas como o empreendedorismo.

clara2

“Eu cheguei ao evento zerada, sem saber de nada, mas sempre fui muito interessada por empreendedorismo, tinha aquele olhar curioso, sabe? Não sabia o que aconteceria no evento, mas pensei: ‘Ah, deve ser interessante!’ e me inscrevi” – Clara Lucena, 17 anos.

Ainda no primeiro dia de SW, depois de estarem com a barriga cheia, acontece o que chamamos de “Half Baked, uma espécie de dinâmica em grupos, que serve para “quebrar o gelo” e fazer com que a galera se conheça melhor, perca a vergonha de falar em público e  de interagir com pessoas, até então, desconhecidas!

Para descontrair, na sexta-feira, o facilitador promove uma dinâmica, o "Half Baked"!
Para descontrair, na sexta-feira, o facilitador promove uma dinâmica: o “Half Baked”!

Depois do momento de descontração, é hora dos pitches! Não sabe o que é um pitch? Eu te explico: pitch é uma apresentação rápida, em que você deve dizer quem você é, lançar e dar um nome a uma ideia, além de dizer de quem você precisa para executá-la! Os pitches da sexta-feira, em um Startup Weekend, são de apenas 1 minuto! Então, esteja preparado e saiba dizer, da melhor forma possível, o problema que você enxergou na sociedade e como pretende solucioná-lo!

pitch
Na hora do pitch, os participantes vão ao palco apresentar suas ideias! Se liguem no cronômetro, hein? Você só tem 1 minuto!!!

20160513_193112

Se você está se perguntando “Ah, eu não tenho ideia legal, tenho como participar ainda assim ou todos os participantes, obrigatoriamente, têm que lançar uma ideia?”, eu te respondo: Fique tranquilo! Você só sobe no palco para apresentar seu pitch se quiser! Caso não tenha uma ideia ou não se sinta à  vontade para externá-la, você pode participar da ideia de outra pessoa! Startup Weekend só acontece quando se formam TIMES!

Depois de apresentados os pitches, é hora da votação! Todos os participantes votam nas ideias que mais gostaram e as mais votadas têm a chance de formar uma equipe e trabalhar um final de semana inteiro desenvolvendo um modelo de negócio! Agora sim, o trabalho começou de verdade! Preparados?

A votação: no #SWYouthRecife, cada participante teve direito a 3 votos! Ah, mas não vale votar na sua ideia 3 vezes, né?
A votação: no #SWYouthRecife, cada participante teve direito a 3 votos! Ah, mas não vale votar na sua ideia 3 vezes, né?

No #SWYouthRecife, 8 ideias foram selecionadas, mas formaram-se 7 equipes: Caderno Virtual, Helping to Help, RentIt!, PoliticApp, Conexão Esporte, Divida Comigo e Promo Junto.

Os representantes das ideias escolhidas precisam, agora, formar seus times!
Os representantes das ideias escolhidas precisam, agora, formar seus times!

Para orientar bem os participantes quanto aos quesitos que eles precisam compreender e definir com clareza na sua startup, surge a figura do mentor! O bom mentor não é aquele que entrega a “fórmula” para o sucesso, que entrega todas as respostas, o bom mentor é aquele que te faz pensar! A partir dos questionamentos e das colocações dos mentores, os times se sentem desafiados a enxergarem, com nitidez, o problema, a solução e se esta solução é, realmente, viável para o mercado!

20160515_151003
Neste quadro, os mentores avaliam o desempenho das equipes!

Validar, validar, validar e validar! Grave isto! Os mentores dos Startup Weekends sempre pegam no pé de cada participante e de cada equipe para que eles escutem o seu mercado!  Afinal, de que adianta ter uma startup se ela não oferece um produto ou serviço que seja útil a alguém? A pessoa pagaria pelo seu serviço? VALIDE!

As equipes em ação!
As equipes em ação!

20160514_152254

Todo mundo conectado! No SW, o trabalho não para!
Todo mundo conectado! No SW, o trabalho não para!

No domingo, acontece a correria: terminar as últimas validações, preparar o pitch final, checar se os slides estão “ok” e resolver as pendências! Uma pessoa da equipe, não necessariamente a que deu a ideia, precisa apresentar todo o trabalho do final de semana a uma banca de jurados MEGA competentes! Jovens de 14 a 18 anos subiram no palco, pegaram o microfone e deram um SHOW! Eram verdadeiros EMPREENDEDORES!

Subiram no palco e provaram que, mesmo com pouca idade, são verdadeiros empreendedores!
Subiram no palco e provaram que, mesmo com pouca idade, são verdadeiros empreendedores!

Os jovens empreendedores precisam impressionar o público e, claro, os jurados! Será que eles ficaram nervosos: sim ou com certeza???

E olhem que apresentar para esse jurados... não é pra qualquer um, hein?
E olhem que apresentar para esse jurados… não é pra qualquer um, hein?

Os vencedores são…

A terceira colocação ficou para a Promo Junto, startup que lida com a venda de produtos que ficam “encalhados” no estoque!

image

Em segundo lugar, ficou a Rent It, que tem como lema “Por que comprar se você pode alugar?”

image (2)

E a primeira colocação foi para… Helping to Help, uma plataforma que facilita a comunicação entre voluntários, ONGs e creches!

image (3)

Startup Weekend Youth Recife: foi MASSA!

A turma completa do #SWYouthRecife! Foi LINDO!
A turma completa do #SWYouthRecife!

Ainda não entendeu por que o Startup Weekend é tão mágico?

Desde que participei de um Startup Weekend, tento, ao máximo, divulgar o evento às pessoas! Sou eternamente grata a tudo que o evento me proporcionou e fico emocionada ao ver o impacto que o evento causa na vida das pessoas! Quer saber o porquê de eu ser uma super fã desta jornada empreendedora? Veja os depoimentos abaixo:

iai

“Eu me senti uma executiva, sério! Você passa o dia trabalhando e é um trabalho muito intenso: você tem que pensar, criar muita coisa em um prazo muito curto! No sábado, saí daqui de 22h da noite, morrendo de dor de cabeça, mas com uma sensação maravilhosa, porque tinha produzido MUITO! Eu procuro exatamente por isso: experiência! Na escola daqui, por exemplo, a gente fica sentado, com o professor ensinando, é só teoria! E, no exterior, eles buscam a prática, a experiência!” – Clara Lucena, 17 anos, da startup Helping to Help.

13087379_464527083742215_4069825924818065223_n

“Eu me interesso muito por empreendedorismo e uma das pessoas que mais admiro é Murilo Gun, sigo vários coaches também. Soube do evento em uma palestra sobre tecnologia na minha escola! Na hora, resolvi que iria participar! O SW Youth foi mágico! A parte mais difícil é, sem dúvidas, a validação do problema, procurar as pessoas e saber o que elas acham da nossa ideia! É uma experiência inesquecível, os voluntários aqui, realmente, tiraram a gente da caixinha e fizeram com que a gente pensasse! – Letícia Baltar, 14 anos, da startup Caderno Virtual.

O #SWYouth não teria acontecido se não fossem os participantes, organizadores, mentores, jurados, voluntários e patrocinadores! Parabéns, galera! A missão agora é impactar mais gente com essa experiência tão incrível que é um Startup Weekend!

?
Na foto, Hiro (facilitador), Alane Teixeira, Guilherme Carvalho e Renato Bibiano (organizadores do SWYouth Recife) e… eu! hahahahah

Ficou curioso em saber como é organizar, mentorar, ser voluntário ou jurado de um SW? Aguardem que, em breve, publicarei um texto contando como é o “por trás” de um Startup Weekend!

Pode ser que te interesse:

E, aí? Quando você vai começar a empreender?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *