Camila Petribú

Cagadas Fenomenais – Parte 2

Em: HA-HA-HA uma dose de alegria!

Todo mundo faz cocô, isso é fato. O problema é entender o porquê das pessoas criarem uma espécie de bloqueio ao falarem sobre o assunto. Eu assumo: amo falar sobre cocô, caganeira, afinal sempre me rendem boas histórias. Divirto-me horrores!

Tudo começa quando você é pequeno. Não. Pequeno ainda é muito grande. Começa quando você ainda é um bebê. Para os bebês, cagar não é problema, é solução. Basta chorar e dar aquela cagada (das mais meladas, molhadas, meio esverdeadas e fedidas mesmo!) e TODOS param o que estão fazendo para socorrê-lo. E, cá pra nós, atenção de pai e mãe é muito bom! Continue lendo “Cagadas Fenomenais – Parte 2”